terça-feira, 31 de agosto de 2010

Adivinhe quem é

Por Daniella Bittencourt Féder


Hoje, na faculdade, um professor levou aos alunos uma visita muito interessante. Inspirada - e o que é que não me inspira? - por uma proposta dela, rascunhei um diálogo no Word. Se alguém conseguir desvendar quem está conversando nele, vai ganhar um magnífico... posso tentar oferecer um parabéns? Eu gostaria muito que vocês tentassem. Não tenho grandes ambições quanto ao número de comentários que essa brincadeirinha pode gerar, mas se chegarem dois ou três, já fico feliz. Aí vai (e nada de dicas):


Despedida

-Já passei da hora. Cumpri minha missão por aqui.
-Por favor, não se vá. Somos tão próximas. Faz ideia de como vou sentir sua falta?
-Sob seus cuidados, durei tanto quanto pude. Estou velha, fraca. Meu corpo já não aguenta resistir à ação dos seres decompositores.
-Não diga isso. Posso te ver perfeitamente, você está ótima!
-Sabemos que não é verdade. Estamos mentindo para nós mesmas. Logo virão me buscar, e digo que já vêm tarde.
-Minha querida amiga... Compartilhamos tantas histórias nesses anos em que estivemos juntas... E quantos segredos!
-Lembra-se da Mel? Já morava aqui quando me mudei. Mas não aguentou o movimento. Logo se desgastou e foi embora. Foi e levou a Moça com ela.
-Recordo-me perfeitamente. Quão doces eram as duas... De todos que passaram por aqui – uns tão rapidamente que sequer se deixaram notar –, alguns tiveram presença marcante.
-Como você lida com isso? Você abriga a todos sob as suas asas com tanto carinho. O que sente ao ter que se desfazer de todos o tempo todo? Afinal, ninguém para por aqui... É um local de passagem. Raro alguém permanecer esquecida por tanto tempo como eu.
-Você não está esquecida. É bonita, moderna. As más línguas ainda arriscariam palavras mais ousadas. Você nunca deixou de ser olhada. Não raramente, é percebida várias vezes por hora, sempre que abrem minhas portas, deixando a luz entrar.

8 comentários:

C. disse...

é vc dando conselhos a uma amiga.
ou é uma conversa q vc ouviu durante o passeio.
eu e vc conversando *-*
hahahahaha

Anônimo disse...

uma janela.

Fernanda F. disse...

Seria uma geladeira? xD

Anônimo disse...

personagem1 - personagem dona de um abrigo, acolhe pessoas que nao ficam muito tempo, pessoas esquecidas.

abrigo - lugar movimentado, mostra a necessidade de pessoas com aparencia jovem, bonita, é um lugar desgastante

personagem2, a sair - nao tem mais motivos pra continuar no abrigo, se acha velha, esquecida e acha q já vai tarde, alguem ira busca-lá

pode ser um orfanato, vc permanece enquanto é esquecida, criança e bela

ou um prostibulo, vc fica enquanto é jovem e bonita, lugar movimentado e desgastando com a necessidade de ser olhada bela

felipe disse...

Querida,

Só queria te dizer que estou bem aqui, os carinhos e comidas são fartos, e posso alegremente correr pelos pastos verdejantes.

Com carinho,

Ratoelho

Ana 'Ninou' disse...

Vou de geladeira também!

alexandre disse...

geladeira ou armário!

Dani disse...

Muito inteligente as sacadas do segundo Anônimo (que é meu amigo Erick) ao pensar em orfanato ou prostíbulo. Mas não acertou! haha